Bolsa de Valores de Mocambique
REVIMO 10,000.00
ARKO SEGUROS 1,000.00
HCB 2.51
CDM 130.00
CMH 2,002.00
CETA 120,00
EMOSE 7.00
ZERO 20,00
TOUCH 100.00
ARCO INVESTIMENTOS 100.00
OT 2005 S2 8.00%
Visabeira 2015 20.25%
STB 2015 Sub S1 20.2500%
STB 2015 Sub S2 20.2500%
STB 2015 Sub. S3 18.7500%
BNI 2016 S1 13.5000%
Bayport 2016 S1 25.0000%
Bayport 2016 S2 25.5000%
OT 2016 S3 14.00%
OT 2017 S2 12.4375%
OT 2017 S3 13.9375%
OT 2017 S4 12.9375%
OT 2017 S5 12.0625%
OT 2017 S6 14.9375%
OT 2017 S7 14.9375%
CM 2017 17.0000%
Bayport 2017 S1 23.00%
OT 2018 S1 12.5000%
OT 2018 S2 12.5000%
OT 2018 S3 12.2500%
OT 2018 S4 12.0625%
OT 2018 S5 12.7500%
OT 2018 S6 12.6875%
OT 2018 S7 12.6250%
OT 2018 S8 12.5000%
OT 2018 S9 12.5000%
OT 2018 S10 12.4375%
OT 2018 S11 12.2500%
OT 2018 S12 12.0625%
OT 2019 S2 12.7500%
OT 2019 S3 12.6875%
Opportunity Bank 2018 S1 17.75%
Opportunity Bank 2018 S2 21.5000%
BAYPORT 2018 S1 18.3700%
BAYPORT 2018 S2 22.0000%
P. Comercial Opportunity Bank 2018 S1 20.75%
BNI 2019 S1 15.5000%
OT 2019 S4 14.0000%
OT 2019 S5 12.5625%
OT 2019 S7 12,9375%
OT 2019 S8 10,0000%
OT 2019 S6 12.2500%
OT 2019 S9 12.0000%
BAYPORT 2019 S1 20.0000%
STB Bank 2017 S3 20.25%
OT 2019 S1 7.0%
SMM - 2019 25%
SMM - 2020 20.00%
OT-Fornecedores-2019 2.5000%
OT 2020 S7 12.0000%
OT 2020 S1 12.0000%
OT 2020 S2 12.0000%
BAYPORT 2019 – S2 19.0000%
OT 2020 S3 12.0000%
OT 2020 S4 12.0000%
OT 2020 S5 12.0000%
OT 2020 S6 10.0000%
OT 2020 S8 12.0000%
SMM 2020 ALC80 20.0000%

O nº.1 do artigo 46 do Diploma nº. 10/99, de 24 de Fevereiro, conferiu ao Ministro de Plano e Finanças competência para autorizar mediante despacho e com carácter geral, o exercício da actividade de operador de bolsa de bolsa por bancos autorizados a operar em Moçambique.

Assim, mediante Despacho datado de 14 de Junho de 1999, o Ministro de Plano e Finanças autorizou os bancos com sede no território nacional a exercer a actividade de operador de bolsa.

Outrossim, e no cumprimento do estabelecido nos artigos 2 e 3 do artigo 99, do Código do Mercado de Valores Mobiliários aprovado pelo Decreto Lei nº. 4/2009, de 24 de Julho, a Bolsa de Valores de Moçambique emanou o Regulamento nº. 2/GPCABVM/2013, de 16 de Abril, no qual estabelece as regras de organização do registo dos operadores de bolsa e seus mandatários.


Operadores de bolsa

Operadores de bolsa são entidades legalmente autorizadas a exercer actividade de intermediação financeira na Bolsa de Valores de Moçambique.

A inscrição de operador de bolsa na BVM depende da apresentação de um requerimento dirigido ao Presidente do Conselho de Administração, instruído dos seguintes elementos:

  • A denominação social do operador de bolsa, indicação do seu capital social, da sua sede social, NUIT, e demais elementos de identificação;

  • A identificação dos membros dos órgãos sociais do operador de bolsa, e a identificação dos detentores de participações superiores a 10%;

  • Cópia de autenticada da autorização para o exercício da actividade de intermediação financeira; e

  • Cópia autenticada de documento comprovativo de haver sido prestada a caução do cargo.

Pela inscrição de operadores de bolsa é devida uma taxa não reembolsável, do montante de 100.000,00MT.

Diploma Ministerial nº. 10/99, de 24 de Fevereiro

Despacho Ministerial

Regulamento sobre a organização o Registo de Operadores de Bolsa e Mandatários