Increase Size Decrease Size Reset font to default

Missão

Promover a captação, mobilização e alocação dos recursos financeiros, de forma eficiente, eficaz e transparente, para satisfazer as necessidades de financiamento dos agentes económicos, promovendo o desenvolvimento sustentável da economia.

Visão

Ser referência na oferta de oportunidades de conversão da poupança em investimento produtivo, contribuindo para o crescimento da economia e para a inclusão social e financeira.

Valores

• Transparência, credibilidade e equidade; • Conhecimento, competência e ética profissional; • Iniciativa, Inovação e Modernização; • Parceria e Colaboração Institucional; • Liderança e valorização Pessoal; • Patriotismo e responsabilidade social.

   

Sessão de Bolsa de 24 de Março de 2017

Informação Obrigatória PDF Imprimir

1. As entidades com valores mobiliários admitidos à cotação devem comunicar à bolsa de valores, logo que possível, os seguintes factos:

a) Projecto de alteração estatuária, até à data de convocação da Assembleia Geral para aprovar a modificação proposta, bem como a respectiva aprovação.
b) Apresentação à falência ou, a contar da data em que do facto tenha conhecimento, o pedido de declaração de falência contra ela apresentado, bem como a respectiva sentença;
c) A admissão à cotação em bolsa valores estrangeira de  quaisquer valores mobiliários por si emitidos;
d) Relatório, balanço e contas do Conselho de Administração, acompanhados de parecer do Conselho Fiscal e de certificação por auditor independente habilitados, no prazo máximo de trinta dias após a sua aprovação em Assembleia Geral;
e) Quaisquer outras informações que a Bolsa de Valores solicitar ou que, mediante circular, venha a estabelecer.


2. Além destas, outras informações de carácter Geral devem ser também publicadas no Boletim oficial da Bolsa:

a) Os relatórios e contas anuais, acompanhados, dos respectivos pareceres e  certificação, no prazo máximo de trinta dias após a sua aprovação em Assembleia Geral;

b) Se a sociedade elaborar, ao mesmo tempo, contas anuais não consolidadas e contas anuais consolidadas deve colocar ambas à disposição do público. A Bolsa de Valores pode autorizar a sociedade a publicar apenas as contas consolidadas ou não consolidadas, quando considere que as contas que não forem publicadas não contêm informações complementares significativas.

3. As sociedades com acções admitidas à cotação devem publicar no Boletim Oficial de Bolsa, com a brevidade possível, anúncios sobre os seguintes factos:

a) Qualquer alteração dos direitos inerentes às diferentes categorias de acções;

b) Modificações importantes verificadas na estrutura das participações no capital social, ou seja, sempre que qualquer pessoa singular ou colectiva, pública ou privada, directamente ou por interposta pessoa, adquira ou aliene acções de forma que, com essa aquisição ou alienação, ultrapasse os limites de 10%, 20%, um terço, 50% ou dois terços dos direitos de voto correspondentes ao capital social.

c) Factos novos ocorridos na sua esfera de actividade que não sejam do conhecimento geral e que sejam susceptíveis, pela incidência na situação patrimonial ou financeira da sociedade ou sobre o andamento normal dos seus negócios, de provocar uma variação importante na cotação das suas acções. A Bolsa de Valores pode dispensar a sociedade desta obrigação se a divulgação de certas informações for de natureza a prejudicar os legítimos interesses da sociedade.

 

 

4. As entidades emitentes, nacionais ou estrangeiras, que tenham valores mobiliários admitidos à cotação no mercado de cotações oficiais darão obrigatoriamente publicidade no Boletim Oficial de Bolsa, sem prejuízo de outras formas de divulgação previstas em disposições legais ou estatutárias, dos seguintes factos:

a) Emissão de novas acções, ou redução do capital social;

b) Novas emissões de empréstimos obrigacionistas e respectivas garantias;

c) Atribuição e pagamento de dividendos o outros rendimentos aos accionistas;

d) Exercício dos direitos de subscrição ou de incorporação;

e) Operações de conversão;

f) Pagamento de juros ou prémios ou de reembolso de obrigações e outros  valores representativos de dívida;

g) Data e local de realização dos sorteios de obrigações;

h) Resultados dos sorteios.

 
Bolsa de Valores de Moçambique © Todos os Direitos Reservados